segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Kafka e a metamorfose do leitor

Ninguém lê Kafka impunemente...

Um comentário:

  1. Ba Seu Hugo! Depois dessa vo virar açougueiro!


    uahusahushaushaushaush
    Abraço

    ResponderExcluir